DEFINIÇÕES

Saudade é quando o momento tenta fugir da lembrança para acontecer de novo e não consegue.

Lembrança é quando, mesmo sem autorização, seu pensamento reapresenta
um capítulo.

Angústia é um nó muito apertado bem no meio do sossego.

Preocupação é uma cola que não deixa o que ainda não aconteceu sair de seu pensamento.

Indecisão é quando você sabe muito bem o que quer, mas acha que devia querer outra coisa.

Certeza é quando a idéia cansa de procurar e pára.

Intuição é quando seu coração dá um pulinho no futuro e volta rápido.

Pressentimento é quando passa em você o trailer de um filme que pode ser que nem exista.

Vergonha é um pano preto que você quer pra se cobrir naquela hora.

Ansiedade é quando sempre faltam muitos minutos para o que quer que seja.

Interesse é um ponto de exclamação ou de interrogação no final do sentimento.

Sentimento é a língua que o coração usa quando precisa mandar algum recado.

Raiva é quando o cachorro que mora em você mostra os dentes.

Tristeza é uma mão gigante que aperta seu coração.

Felicidade é um agora que não tem pressa nenhuma.

Amizade é quando você não faz questão de você e se empresta pros outros.

Culpa é quando você cisma que podia ter feito diferente, mas, geralmente, não podia.

Lucidez é um acesso de loucura ao contrário.

Razão é quando o cuidado aproveita que a emoção está dormindo e assume o mandato.

Vontade é um desejo que cisma que você é a casa dele.

Paixão é quando apesar da palavra perigo o desejo chega e entra.

Amor é quando a paixão não tem outro compromisso marcado.
Não… Amor é um exagero… também não.
Um dilúvio, um mundaréu, uma insanidade, um destempero, um despropósito, um descontrole, uma necessidade, um desapego?

Talvez porque não tenha sentido, talvez porque não tenha explicação,
Esse negócio de amor não sei explicar.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

8 respostas para DEFINIÇÕES

  1. Cris disse:

    Adorei seu blog, e tomei a liberdade de postar umas coisas no meu, tomando o cuidado de citar sempre o seu……
    Beijo grande….. Cris

    Curtir

  2. Paulo disse:

    O Amor não é uma forma analogica ou digital, por isso nos perdemos nas suas definições. O Amor é Espiritual, é acreditar numa forma de vida ou de viver, por isso se diferencia em suas definições, mas o meu referencial é Jesus Cristo…..Amarás o teu próximo como a ti mesmo….com relação o Amor Cônjuge….è entregar-se sem reservas em todos os sentidos…Para mim é compreender o sentida da vida….

    Curtir

  3. Paulo disse:

    Lucidez…..Li uma história nun livro quaquer: Um certo alemão, filósofo, muito reconhecido, estava numa manhã de domingo assentado em um banco numa praça lendo jornal, teve sono deito e cobriu-se com o jornal. Acordou com as cutucadas do cassetete de um policial, e este pergunto-lhe: De onde o senhor veio? O que o Senhor está fazendo? Para onde o senhor vai? O velho fitou o seu interculor por um momento e disse: Sr.policial, tenho 65 anos, em toda minha vida tenho feito essas perguntas e não tenho as respostas, o senhor sabe? O policial abaixou a cabeça e se foi……Para mim lucidez é saber de onde viemos; o que aconteceu á nos, quem somos, o que estamos fazendo aqui, e para onde vamos. Se soubermos essas respostas, então somos LÚCIDOZ.

    Curtir

  4. Palavras Rabiscadas disse:

    Oi Paulo…

    Há uma definição para o amor? Muito complexo tal sentimento, mas achei legal tudo o que você disse… e parabéns pela explanação sobre a ‘Lucidez’, foi perfeita.

    Abraços. Marli.

    Curtir

  5. Paulo disse:

    Reflexção: É sobre um filme que vi na tv. Havia um grupo de gueixas que trabalhavam numa casa noturna. Uma delas destacava-se por apaixonar com frequência, era muito criticada por suas amigas. Um dia ela conheceu rapaz formidável, até as amigas reconheceram. Entusiasmadas pagavam todas as despesa da amiga, para esta ficasse disponível para o namorado. Passado um tempo, o rapaz numa conversa com a gueixa disse que sua família não aprovou o casamento. A decepção foi geral. Passado pouco tempo a gueixa apaixona-se de novo!!!As amigas ficaram truncadas com ela. Aconteceu uma grande tempestade, as aguas encheram a rua, as pessoas mudavam, saiam às pressas, As gueixas ficarm assustadas e ninguem ajudavam-nas. As aguas subiam, elas foram para o 2° andar cheias de medo, desesperadas por que as pessoas da rua já haviam partido. Então aparece lá longe no fim rua um barco, elas critam, acenam, era o namorado da gueixa que veio em socorro da amada. Ali mesmo ele pede a gueixa em casamento, diante das amigas e oferece cuidar de todas elas.

    Curtir

  6. Paulo disse:

    Conclusão: Hoje observo que um grande número de mulheres entre 25 á 45anos que perderam a capacidade de amar.Elas tem seus relacionamentos mas não se apaixonam, sao semelhantes aquelas gueixas que nunca se apaixonavam. Muitas destas mulheres fizeram ou fazem tratamento psicológicos, a alma delas estão marcadas pelo sofrimento, amaram intensamente uma pessoa que não soube reconhecer, (ou valoriza-las). Então elas tem medo de apaixonar-se…Eu me pergunto o que elas fizeram de errado? Estão sofrendo por que amaram? Por que essa pessoa trocou-na por outra? Fala sério!! Quais são os outros motivos?Esses homens são uns pobre coitados…rs r srs Estão procurando uma mulher mais bonita? Desculpe-me as belas, mas atrás de uma mulher bonita tem sempre um homem que já cansou-se dela. Por que ela era só bonita!!Voces mulheres levantam a cabeça, voces devem continuar amando, como a gueixa!!voces dizem: Os homens não merecem.Isso é um tiro pela culatra. Amamos não por que a pessoa merece, mas sim, por que é a nossa natureza.Violentamos a nós mesmo, destruimos em nós a capacidade de amar, tornamos-nos esteril. Não importa o que aconteceu. Devemos perdoar as pessoas e as vezes a nós.Vamos olhar para dentro de nós (nossos sentimentos)e ver que somos gente boa!!Um homem apaixonado ou uma mulher apaixonada é capaz de qualquer coisa pelo outro, Se a pessoa com quem vivemos não vê isso, o problema é dela e não nosso, essa pessoa não passa de cêga. Não amar é condenar-se a uma vida inteira de sofrimento, mas apaixonar é dar a outra pessoa e nós mesmo a chance de ser feliz….COMO A GUEIXA. QUE ENCONTROU O AMOR….Desculpem-me!!! Eu sou uma pessoa sencível vejo isso todos dias : nas ruas, banco igrejas, bares….foró destesto por que é onde esta concentrado o maior número de almas dilaceradas, estão ali por que os psicológos disseram pra se divertirem, sem generalizar….vivo só algum tempo as vezes é dificil achar alguem decente ou de alma limpa, os mais jovens transmitem vida, porém são imaturos…ei chega né?

    Curtir

  7. Palavras Rabiscadas disse:

    Palavras que tocaram minh’alma… Profunda reflexão!

    Não tenho mais nada a dizer… está completo.

    Muito obrigada…. Marli.

    Curtir

  8. Pingback: seu aniversário, indicador de felicidade e coeficiente de paz « Pense sobre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s