AMBIGUIDADE DO PRONOME POSSESSIVO

 

detetiveestaO Presidente de um Banco estava preocupado com um jovem e brilhante diretor que, depois de ter trabalhado durante algum tempo com ele, sem parar nem para almoçar, começou a ausentar-se ao meio-dia. Então o Presidente chamou um detetive e disse-lhe:

– Siga o Diretor Lopes por uma semana durante o horário do almoço.

O detetive, após cumprir o que havia lhe sido pedido, voltou e informou:

-O Diretor Lopes sai normalmente ao meio-dia, pega o seu carro, vai à sua casa almoçar, faz amor com a sua mulher, fuma um dos seus excelentes charutos cubanos e regressa ao trabalho.

Responde o Presidente:

– Ah, bom, antes assim. Não há nada de mal nisso.

Logo em seguida o detetive pergunta:

-Desculpe. Posso tratá-lo por tu?
-Sim, claro! – respondeu o Presidente surpreendido!
-Bom, então vou repetir:

– O diretor Lopes sai normalmente ao meio-dia, pega o teu carro, vai à tua casa almoçar, faz amor com a tua mulher, fuma um dos teus excelentes charutos cubanos e regressa ao trabalho.

Entendeu agora?

 

A Língua Portuguesa é mesmo complicada, porém fascinante!

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Língua Portuguesa. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para AMBIGUIDADE DO PRONOME POSSESSIVO

  1. Antonio disse:

    What kind of nonsense? This is not interesting. There is no such a thing.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s