INTERLÚDIO – Percy Shelley

28 11 2008

 

O poeta é um rouxinol
que se senta na escuridão
e canta pra se confortar
da própria solidão com belos sons.

Seus ouvintes são como homens arrebatados
pela melodia de um músico invisível
que se sentem comovidos e em paz
ainda que não saibam como nem porque.

 

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: