TODO SER HUMANO É UM ESTRANHO IMPAR – Carlos Drummond Andrade

Eu desconfiava: todas as histórias em quadrinhos são iguais.

Todos os filmes norte-americanos são iguais.

Todos os países são iguais.

Todos os Best-sellers são iguais.

Todos os campeonatos nacionais internacionais são iguais.

Todos os partidos políticos são iguais.

Todas as mulheres que andam na moda são iguais.

Todas as experiências de sexo são iguais.

Todos os sonetos, gazéis, virelais, sextinas e rondós são iguais
e todos, todos os poemas em versos livres são enfadonhamente iguais.

Todas as guerras do mundo são iguais.

Todos os amores, iguais, iguais, iguais.

Iguais todos os rompimentos.

A morte é igualíssima.

Todas as criações da natureza são iguais.

Todas as ações, cruéis, piedosas ou indiferentes, são iguais.
Contudo, o homem não é igual a outro homem, bicho ou coisa.
Não é igual a nada.

Todo ser humano é um estranho impar

Anúncios
Esse post foi publicado em Poemas e Poesias. Bookmark o link permanente.

5 respostas para TODO SER HUMANO É UM ESTRANHO IMPAR – Carlos Drummond Andrade

  1. Teca disse:

    Você poeta moderno deveria ser mais inteligente, não escrevendo bobagens como essa. Gastando papel, tinta e seu tempo. Deveria usar sua cabeça, estudar, pesquisar, ver as grandes pesquisas na televisão que são interessantíssimas, realistas. Procure não vacilarmais tá ok!

    Curtir

  2. Por isso concordo com Drummond: “Todo ser humano é um estranho impar”

    Curtir

  3. Jacson disse:

    Tudo é igual o que nos distingue são nossas escolhas perante as alternâncias da vida.

    Curtir

  4. Palavras Rabiscadas disse:

    Olá Jackson, quanto tempo! É uma satisfação recebê-lo.

    Acho que é isso mesmo que difere o homem – suas escolhas!

    E o poder de escolha está na “Razão”. O homem, diferente dos animais irracionais que seguem apenas o instinto, pode optar por qual caminho seguir. É um ser ímpar na personalidade, desejos, pensamentos, por isso justifica o por quê com alguns ‘conflitos de personalidades’, e com outros ‘afinidades’ … porém, iguais – jamais!

    Abraços.

    Marli.

    Curtir

  5. Leandro disse:

    Ola! Muito interessate. Comesa pela digital !

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s