9 DICAS PARA SE SAIR BEM NO ENEM

2 12 2009

Especialistas consultados por ÉPOCA fizeram uma análise das questões da prova que vazou e, a partir daí, elaboraram dicas preciosas para quem vai fazer o exame em dezembro.

1. Controle o tempo.

Alguns especialistas mencionam que a administração do tempo é fundamental para se dar bem no exame. Como os textos que precedem todas as questões são muito longos, e muitas vezes ainda vêm acompanhados de figuras ou gráficos, você precisará ser ágil, com o risco de estourar o prazo (especialmente no segundo dia, que também tem redação).

2. Concentre-se no conteúdo básico de cada disciplina.

Porcentagem em matemática, teoria da evolução em biologia, figuras de linguagem no português, para citar alguns exemplos. No geral, as questões que exigem conhecimento prévio do aluno apresentam uma situação problema que pede uma resposta pouco profunda em conteúdo.

3. Esqueça a decoreba e aposte na Interpretação de texto.

Até nas perguntas das áreas de exatas, você vai encontrar muitas das respostas nos textos e gráficos da própria questão. Se precisar de alguma fórmula de física ou de matemática, ela estará lá.

4. Leia primeiro a pergunta, depois o texto.

Essa dica vale exclusivamente para as questões de matemática. Assim, pode ficar mais fácil, e talvez mais rápido, achar a resposta.

5. Habitue-se a observar quadros, figuras e fotografias.

Não é só interpretação de texto que o Enem cobra do candidato. Saber “ler” imagens pode garantir pontos extras.

6. Não tem pegadinha.

Se a resposta parecer óbvia é porque é mesmo. Portanto, não perca tempo tentando achar onde está a armadilha, marque a resposta que você acha correta e siga em frente.

7. Ler jornais e revistas é fundamental.

Mas saber sobre tudo o que acontece no mundo, não. O Enem não cobra assuntos pontuais, mas grandes temas. O hábito  de ter diferentes fontes de informação também ajuda a contextualizar e relacionar assuntos, uma das habilidades mais testadas na prova de linguagens e códigos.

8. Leia a seção de Cartas dos Leitores de jornais e revistas.

Elas servem como exercícios de argumentação, uma das competências mais cobradas da redação.

9. Cuidado com preconceitos.

Na hora de argumentar contra ou favor de alguma ideia na redação, evite radicalismos. Os avaliadores do Enem repudiam qualquer manifestação racista, sexita ou de apoio à violência e à desigualdade social.

Fonte: Revista Época, 16 de novembro de 2009, Pg 136.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: