Silêncio

12 02 2010

SILÊNCIO

Enquanto escrevo Silencio
ouço o suspiro do vento
trazendo saudade.
Amor, por que do calar?
O que me diz o teu silencio?
Não entendo essa linguagem.
Nem sequer uma palavra.

Nesta pausa feita em verso
Fito os olhos no cúmplice luar.
Vejo as estrelas confidentes,
e revelo meu segredo.
Pedi para que lhe
transmitissem um recado.
Olhe para os céus, tente ouvi-las.

Marli Savelli  

Anúncios

Ações

Information

One response

1 07 2010
Silêncio « Aquario Literario

[…] Silêncio publicado no Palavras Rabiscadas em 12/02/2010 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: