Po[e]mar

PO[E]MAR

Você não é poeta, és Pomar.
De ti vêm meus poemas, Po[e]mar.
Tornei-me poetisa por te amar.

Árvore frutífera, minha fonte.
Frutos resgato de ti no alvorecer,
como este agora no horizonte,
suculentos a me prover.

Palavras lança suavemente…
Na linha, os frutos da semente
brotando em minha mente.

Árvore frondosa, meu ninho.
Os versos posso colhê-los?
Tua sombra refresca meu caminho.
Se eu não desfrutar, que vale tê-los?

Apanho no alto um pensamento,
o alimento, o sentimento,
me deliciando de um sonho do momento.

Marli Savelli

Anúncios
Esse post foi publicado em Meus Rabiscos e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para Po[e]mar

  1. Pingback: Po[e]mar « Aquario Literario

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s