Louco Palpitante

20 03 2010

LOUCO PALPITANTE

Uma trovoada no coração!…
Palpitante abrasado,
despertou gemendo, tirou-me do leito.
Clama em desenfreada pulsação.
Insensato, agonizado,
se recusa acalmar no peito,
me faz perder a razão.

Batimentos em súplicas desafina.
Saudades sem igual.
Consola … mas não dura.
-A inquietude domina-
Sepulta, esmaga, o punhal.
Desordem de sentimentos tortura.
Não posso suportar a sina.

Custa desencantar um sonhador.
Mal sabe o que sente.
Sem comando é um desassossego.
Labareda de amor,
no inferno astral acende. 
Para adormecer no aconchego,
é preciso aquietar-te louco prosador.

Marli Savelli

Anúncios

Ações

Information

One response

6 10 2010
Louco Palpitante « Aquario Literario

[…] Louco Palpitante publicado no Palavras Rabiscadas em 20/03/10 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: