in-Veja

IN-VEJA

Enquanto está a procura de sua estrela,
Um dos pecados capitais aprecia.
Para alcançar faça por merecê-la.
Não se empenhe na maldade, repudia.

Prisioneiro atroz, busque a liberdade.
Contra mal olhado… escudo espelhado.
Calar-me? Não busco celebridade.
Tua criação acha-se no meu trilhado?

Ardileza! Pra quê tanta ambição?
Procure o antídoto de sua cobiça.
Veneno que corrói a alma, o coração.

Somos meros mortais, tente-se remir.
Escárnio atiça… tempo desperdiça.
A serpente do mal, quem há de exprimir?

Marli Savelli

Anúncios
Esse post foi publicado em Meus Rabiscos e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para in-Veja

  1. Pingback: In-Veja « Aquario Literario

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s