Cindy

8 05 2010

CINDY

O par perfeito é o de tamanho ideal, e que faça o seu estilo. O número exato e Cinderela serás!

O bom par não fica pequeno, ainda que belo, não é bom usar, o muito justo é desconfortável.

– “ Melhor descalço que apertando ” –

[Observe se não são pés inchados, em cima do salto, que estão interferindo no tamanho]

Não prefira o que fica grande, mesmo que lindo, incomoda no caminhar.

– “ Melhor descalço que sobrando ”-

Não aceite imitação! Ainda que todo perfeito tenha defeito,

seja no esquerdo ou direito, quando se ama, sempre se dá um jeito!…

Marli Savelli


Ações

Information

3 responses

9 05 2010
TEJO

Muito, muito bonito esse poema. Uma perfeita analogia -assim interpretei eu- de um relacionamento amoroso.

Alguns sapatos folgam, outros apertam- difícil (impossível?) é encontrar o perfeito. Mas tentamos, rs.

9 05 2010
Palavras Rabiscadas

É difícil, sim, Tejo. Por isso que eu digo que todo perfeito é imperfeito.

Procuramos fazer adaptações:

Se ficar só um pouquinho apertado pode ir laceando… com o tempo vai tomando o formato, o jeito, se encaixando as personalidades, gostos…

Se for só um pouquinho grande, uma palmilha resolve, coloca-se para ajustar e caminhar tranquilamente… é preciso aderir alguns costumes de um no outro… isso com a convivência…

Bom, mas o número exato é (im) possível? Como diz o clichê: “cada panela tem sua tampa” rs

Abraços.

1 07 2010
Cindy « Aquario Literario

[…] Cindy publicado no Palavras Rabiscadas em 08/05/2010 […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: