O Carteiro e o Poema

15 09 2010

O CARTEIRO E O POEMA

Nos braços do cometa ele veio
-o carteiro de Marte-
Marciano deixa a carta no correio
e logo parte.

Abri-la tenho receio.
Será a passagem para amar-te?
Encontro um poema no meio.
O coração se reparte.

Em cada palavra que leio,
o amor a soletrar-te.
Pus para dormir em meu seio.
Vênus a abraçar-te!

Marli Savelli


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: