É PRECISO NÃO ESQUECER NADA – Cecília Meireles

É preciso não esquecer nada:
nem a torneira aberta nem o fogo aceso,
nem o sorriso para os infelizes
nem a oração de cada instante.

É preciso não esquecer de ver a nova borboleta
nem o céu de sempre.

O que é preciso é esquecer o nosso rosto,
o nosso nome, o som da nossa voz, o ritmo do nosso pulso.

O que é preciso esquecer é o dia carregado de atos,
a idéia de recompensa e de glória.

O que é preciso é ser como se já não fôssemos,
vigiados pelos próprios olhos
severos conosco, pois o resto não nos pertence.

Anúncios
Esse post foi publicado em Poemas e Poesias e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para É PRECISO NÃO ESQUECER NADA – Cecília Meireles

  1. orpheusss disse:

    Caros, acho que esse poema não é da Cecília Meirelles. Procurei em vários livros editados e não o encontrei. Mais uma falácia da internet?

    Curtir

  2. Liere disse:

    hola mscamp.wordpress.com!
    Good post

    Curtir

  3. IrrattZef disse:

    hola mscamp.wordpress.com!

    Curtir

  4. IrrattZef disse:

    hello mscamp.wordpress.com!

    Curtir

  5. IrrattZef disse:

    hello mscamp.wordpress.com!

    Good Article

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s