O Ninho e a Tempestade

O NINHO E A TEMPESTADE

Se prevejo tempestade,
corro até meu Porto Abrigo
– um guardião –
Ali, às vezes, as portas rangem.
Há goteiras no telhado.
[breves chuvas]
Paredes reforçadas, bem alicerçadas,
resistem aos ventos.
[Um raio!…
explode o  trovão…]
Estou protegida!

Marli Savelli

Anúncios
Esse post foi publicado em Meus Rabiscos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s