Um Chazinho Entre Malucos

21 12 2010

 

UM CHAZINHO ENTRE MALUCOS

 __ Que relógio engraçado, disse Alice,  
diz o dia do mês e não diz a hora!
O chapeleiro respondeu:
__ Toda hora é hora do chá!

Pressenti a presença do Tempo,  
mas não vi o rosto.
Logo se apresentou com sapiência,
e eu o ouvi com paciência:

__ Sou transitório, efêmero como você!…  
Fico entediado com a rotina,
adivinho as atitudes previsíveis!
Isso faz com que sintam os dias abreviados.

Pensei:   
__ Será que é o relógio que está falando?
(Se aquilo era um sonho,
não foi amedrontador que me fizesse acordar!)

 Ele prosseguiu:  
__ Venho te pedir que quando eu passar,
não reclames, me recebas bem…
É comigo que aprende tudo!  – e saiu apressado.

 __  Espere, tome uma xícara de chá,
 ficou tão  pouco, não se vá!

__ Não me importo em nunca  ficar,  
é minha sina não poder parar…

Marli Savelli

Inspirado na leitura de hoje: – capítulo 7,  do Alice no País das Maravilhas

NOTA: Ao contrário do que acontece na vida real, no capítulo 7, de Alice – “Um Chá Maluco”, o tempo não passa, é sempre seis da tarde, a hora do chá! Daí pude perceber o que realmente é uma rotina e sentir como seria ruim se o tempo fosse parado, não faríamos coisas diferentes, não conheceríamos novas pessoas, não cresceríamos – cada dia é uma nova lição. Constatei que o tempo não é vilão, na verdade, nos presenteia com novidades diariamente.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: