MORADA DO LIVRO

23 de abril – Dia Internacional do Livro

 

COMO CONSERVAR OS SEUS LIVROS

 

Em primeiro lugar, é importante observar como guardá-lo.  O livro deve ficar em pé, formando um ângulo reto com a prateleira, já encostado ao próximo livro, um ao lado do outro, evitando pressioná-los um contra o outro, pois, caso contrário, além de ser necessário segurá-lo com força pela lombada para o retirar da estante, a possível umidade e calor local poderia deixar suas páginas manchadas ou coladas. Se de alguma forma, precisar guardá-los em pilhas, não as faça muito grande, o peso prejudica a estrutura do livro. Caso tenha algum livro guardado dentro de caixas, retire-os imediatamente se não quiser os perder, já que guardando dessa forma eles estragarão muito mais rápido. Escolha bem o local da estante em que guardará os livros: a luminosidade excessiva desbota suas capas e a umidade deforma tanto a sua capa como o miolo. Portanto, mantenha-os longe dos raios solares e da umidade. 

Limpe-os regularmente (sem panos úmidos ou produtos de limpeza – um pano seco na capa e se estiver muito sujo, use um pincel para limpar as páginas. Acredite, isso prolonga em muitos anos a vida de um livro). Existem profissionais especializados em higienização de bibliotecas, que são capazes de identificar e limpar livros adequadamente. Nem sempre o que parece pó é realmente pó; pode ser algum tipo de fungo e estes são perigosos à nossa saúde. Caso desconfie que seu livro tenha algum corpo prejudicial, procure um profissional de higienização de livros.

Ao ler um livro, certifique-se até que ponto pode abri-lo. Não podemos simplesmente abrir qualquer livro totalmente em um ângulo de 180 graus, pois assim forçamos a abertura. Com certeza sua lombada irá quebrar‑se, mais cedo ou mais tarde, de acordo com a qualidade e tipo do material com que o livro é feito e encadernado.

É importante não guardar nada dentro dos livros (isso não serve para os marca-páginas, mas só enquanto você está lendo), não pegá-los de mãos sujas, nem comer ou beber enquanto lemos ou o transportarmos com as mãos, nunca, jamais usar durex ou cola branca, elas contém produtos químicos que mancham as páginas irreversivelmente, não dobrar as páginas ou fazer “orelhas”, não se apoiar no livro durante a leitura, não usar clipes, pois o metal enferruja, mancha e torna as folhas quebradiças nos locais de exposição. Tente não usar marca textos nem rabiscá-lo, no entanto se for muito necessário utilize um lábis 6b (desenho) que é macio e não marca.

O suor das mãos danifica qualquer tipo de encadernação. Para evitar esse dano, caso precise transportá-lo por muitos dias ou ainda se ele for “de cabeceira”, como o de autoajuda, proteja-os dentro de uma pasta. Caso eles fiquem sempre em sua mesa, faça uma capinha de collor set, que deverá ser cortada da altura certa de seu livro, não havendo dobras na cabeça e pé do livro. A capa dobrará apenas no corte lateral do livro (lado oposto à lombada). Usando essa técnica elimina-se o péssimo hábito que algumas pessoas adotam: o de encapá-los com fita adesiva e papel de presente (dois grandes verdadeiros vilões dos livros). Alguns livros já são vendidos com capas de proteção, que normalmente tiramos e jogamos fora; o que é um grande erro, uma vez que essas proteções gratuitas ajudam muito em sua conservação. É comum encontrarmos livros com fitas adesivas nas lombadas, ou mesmo encapadas com contact transparente; no primeiro caso, danifica-se a lombada e o fundo do corpo do livro (miolo do livro); já no segundo, perde-se toda a capa e a lombada. O uso do contact ou da fita provocam danos irreversíveis à capa do livro e muitas vezes se estende até o seu miolo.

MORADA VIRTUAL DO LIVRO NO BLOG

 Biblioteca Virtual

 Poetas Estrangeiros

Leitura Digital

 _________________________

Dia Internacional do Livro teve a sua origem na Catalunha, uma região semi-autônoma da Espanha. A data começou a ser celebrada em 7 de outubro de 1926, em comemoração ao nascimento de Miguel de Cervantes, escritor espanhol. O escritor e editor valenciano, estabelecido em Barcelona, Vicent Clavel Andrés, propôs este dia para a Câmara Oficial do Livro de Barcelona.

Em 6 de fevereiro de 1926, o governo espanhol, presidido por Miguel Primo de Rivera, aceitou a data e o rei Alfonso XIII assinou o decreto real que instituiu a Festa do Livro Espanhol.

No ano de 1930, a data comemorativa foi trasladada para 23 de abril, dia do falecimento de Cervantes. Mais tarde, em 1995, a UNESCO instituiu 23 de abril como o Dia Internacional do Livro e dos direitos dos autores, em virtude de a 23 de abril se assinalar o falecimento de outros escritores, como Josep Pla, escritor catalão, e William Shakespeare, dramaturgo inglês.

__________________________

Portal São Francisco

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para MORADA DO LIVRO

  1. Pingback: textile business news

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s