FELIZ NOSTALGIA

(7/5/1861-7/8/1941- Calcutá – Índia)
 

Conheça a Casa Poética de Tagore : “Lá, onde, para dormir, se estendem as nuvens do espaço infinito construí minha casa, ó Poesia, para te receber.” (Tagore)

FELIZ NOSTALGIA
 
A noite chega, festa esplêndida
O Sol entra para brilhar
Sirva-se de algo triste, um aperitivo
É hora de começar
No cálice, a luz de um claro vinho
É preciso se embriagar
A melodia nostálgica vamos dançar
( Lábios ao fulgor do sol
num beijo que derrete o céu )
Chora a canção que fiz agora,
S o l  O u ç a  nesta hora
Vestido de gala, à tua mesa, na sala
No peito a última cantiga

que no íntimo abriga
Mil notas! Mais brindes!
Os anjos chamam e a taça se derrama.
 
Marli Savelli de Campos

 

http://casapoeticadetagore.blogspot.com/

Anúncios
Esse post foi publicado em Homenagens, Meus Rabiscos e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s