Libélula

LIBÉLULA

Em estado de metamorfose
adormeço em silenciosa melancolia
Meus pensamentos negam
o que os meus olhos acreditam ver
– puro imaginário –
Ainda anestesiada, rompe-se o casulo,
e do que me resta faço-me inteira!

Marli Savelli

Anúncios
Esse post foi publicado em Meus Rabiscos e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s