Porque O Poema Não Morreu

26 07 2011

PORQUE O POEMA NÃO MORREU

A poesia atravessa séculos…
Livres aos sóis e luas
pelas florestas dos signos…
Tigres tristes, circo aberto,
amores encarnados…
“__ O meu umbigo em você, amigo!”

Passados trinta ou cem anos,
enjaular é matar o que não morreu!
É secar uma alegria, calar um oceano…
É preciso mantê-los circulando
na rede da contemporaneidade,
entre o mais novo e o mais velho…
porque o poema não morreu!

Marli Savelli

PORQUE O POEMA NÃO MORREU publicado no Aquário Literário em 22/04/2011

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: