A Criança É Assim

A CRIANÇA É ASSIM
Se a criança quiser, poderia voar agora
mesminho ao céu.
Mas por algo não se vai.
Gosta tanto de deitar a cabeçinha no peito
da sua mãe e olhá-la e olhá-la sem descanso!
A criança sabe uma infinidade de palavras maravilhosas,
embora são tão poucos os que neste mundo    
entendem o que ele diz.
Mas por algo falar não quer.
O único que quer é aprender as palavras da sua mãe.
Assim põe esse ar tão inocente!
A criança tinha um montão de ouro e pérolas
e nasceu a esta vida como um pobrezinho.
Mas por algo nasceu assim.
Pedinte nu, que se faz o desvalido para poder
pedir-lhe à sua mãe o tesouro do seu afã!
A criança era bem livre na terra da lua nova.
Mas por algo regalou sua liberdade.
Ele sabe a alegria imensa que cabe no cantinho
do coração da sua mãe e quanto mais doce
que a liberdade é ser colhido e apertado
entre seus braços amados!
A criança morava no mundo da dita perfeita
e não sabia chorar
Mas por algo escolheu as lágrimas
Porque com o seu sorriso ganhava
o coração ansioso da sua mãe,
seus pequenos choros por qualquer peninha
atam-lhe um dobre laço de lástima e de amor.
por Robindronath Tagore
( do Livro Sissu ou A lua crescente)
Nota.-
Tradução do Bangla por José Paz (Poema do livro Sissu, dedicado por R. Tagore à sua esposa Mrinalini e seus filhos, que bem poderia levar por título As crianças da sua mãe, no lugar de Lua nova ou crescente)
Anúncios
Esse post foi publicado em filho, mãe, Poema. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para A Criança É Assim

  1. Marcus Vinicius disse:

    Chorei lendo esse poema!
    Tenho um filho de 5 meses…
    Gratidão!

    Marcus Vinicius

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s