Céu Azul

ceuazul

CÉU AZUL

Olhando para o céu esta manhã:- “como estava lindo!” Eu falava para Deus: ” O seu brilho é tão intenso que é necessário que as nuvens te encobertem, para que possamos olhar para o céu, pois, olhos nenhum é capaz de suportar a tua Luz Divina, que por entre as nuvens deixa resplandecer… Ah! Estás aí! E detrás delas, como se um véu que separa e guarda, escondidas as tuas promessas de Amor, aquilo que Tu tens preparado para aqueles que te amam. Sim, um dia eu ei de ver, um dia eu ei de ver-te! “

Marli Savelli

“Eu entendo que um homem possa olhar para baixo, para a terra, e ser um ateu; mas não posso conceber que ele olhe para os céus e diga que não existe Deus”  – Abraham Lincoln

Anúncios
Esse post foi publicado em Contos, Prosas e Outros Tantos. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Céu Azul

  1. Pedro disse:

    A magnificência do negro sideral transmutado em azul celeste me fascina tanto, que não raras vezes para poder fita-lo coloco 2 óculos escuros superpostos e aí o azulão lá de cima, emoldurado de brancas nuvens vigiado pelo soberano astro-rei, tine de um azul cósmico profundo revelando a vastidão que nos circunda…:)

    Curtir

  2. Marli Savelli disse:

    É verdade. Quando eu desenvolvi o poema ‘Não Sei O Que É’, foi quando olhei para o céu, com os óculos escuros, e via um colorido que escapava de detrás das nuvens, como se um raio colorido, que eu nunca tinha visto. E então, eu tirei para ver se conseguia ver a olho nu, mas daí só via o azul brilhante misturado com a claridade do branco […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s