Tribunal Do Homem

balança

TRIBUNAL DO HOMEM

No tribunal do homem,
decidiu não chorar –
só pedia a Deus que não saísse dali
mais ferida de que quando entrou
e que pudesse
perdoar o acusador
e resistir aquele mal
__ Quem é ela, diz!
__ Quem sou eu , dizia!
__ Não importa quem seja você,
importa que Eu Sou Deus – Ele disse!

Marli Savelli

Anúncios
Esse post foi publicado em Poema e Poesia. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s