No Vale Do Sol

tumblr_static

NO VALE DO SOL

Estou diante de uma felicidade um pouco tímida, me dá até medo de sorrir. Sim, depois de muitos quilômetros, a poucos passos de mim […] Preciso acordar para vivê-lo ou dormir para sonhá-lo? Eu nunca deixei de enxergar o que agora vejo – mesmo quando a milhas de distância – eu vi, eu vivi, eu ouvi, eu senti, eu pedi. E aquilo que carreguei comigo, com peso na subida, ao mesmo tempo, me foram alívios, agora chegados no pico do vale. Estou certa do que valeu a pena carregar e daquilo que tive que deixar. Foi uma caminhada árdua, lenta e cansativa, com tempestades e sóis ardentes. Eu olhava para cima! Deus me deu água, alimento, vestes e forças para continuar. E agora que as coisas vão se encaixando, sei que é chegado o seu tempo – o tempo de Deus. Enquanto que existe uma outra parte que a visão está embaralhada, então, não sei o que dizer ou pensar, logo, não sei como agir, consequencialmente, eu confio que ainda não é chegada a hora, pois, cada coisa tem seu lugar e cada lugar o seu tempo.

“Não deixe faltar o amor; Não deixe faltar a fé; Não deixe faltar a felicidade; Não deixe faltar a paciência; Não deixe faltar o carinho; Não deixe faltar a paz […] E não me deixe errar nas escolhas do coração e de-coração. Porque tudo isso faz parte de um só plano”

Marli Savelli

Anúncios
Esse post foi publicado em Contos, Prosas e Outros Tantos. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s