Interlúdio Florbela

 

08/12/2008

 

Felicitações à Florbela.

 

Para homenageá-la nesta data tão especial o meu desejo era que pudesse encontrar palavras tão belas e inspiradoras como as de Florbela, mas toda essa sensibilidade e encanto Deus reservou exclusivamente para ela. Contudo, de forma simples, porém com grande admiração,  me junto aos seus outros apreciadores para dedicarmos este dia excepcionalmente a esta grande poetisa que veio ao mundo para tornar a vida ainda mais encantadora com suas poesias que conforta a alma.

 

Hoje, já não está mais aqui conosco, fisicamente, pois foi colhida do jardim, porém, deixou-nos as pétalas perfumadas das palavras que continuam nos seduzindo, nos envolvendo, fazendo com que ela se eternize em nossos corações, permanecendo intensa sua essência, passando de geração para geração.   

 

Abraços com flores belas!

 

Marli Savelli de Campos

Palavras Rabiscadas

 

 interludioflorbela

 

 

HORAS RUBRAS

Horas profundas,lentas e caladas
Feitas de beijos sensuais e ardentes,
De noites de volúpia, noites quentes
Onde há risos de virgens desmaiadas…

Ouço as olaias rindo desgrenhadas…
Tombam astros em fogo, astros dementes.
E do luar os beijos languescentes
São pedaços de prata pelas estradas…

Os meus lábios são brancos como lagos…
Os meus braços são leves como afagos,
Vestiu-os o luar de sedas puras…

Sou chama e neve branca misteriosa…
E sou talvez, na noite voluptuosa,
Ó meu Poeta, o beijo que procuras!

(in Antologia de Poetas Alentejanos)

 

http://interludioemflor.blogspot.com/

12 respostas para Interlúdio Florbela

  1. Bom dia, meus queridos!

    Chegamos ao grande dia da Blogagem em homenagem a Florbela Espanca.

    Tanto ansiei por este dia, e eis que, por caprichos do acaso, desde sábado estou com problemas sérios de conexão, e hoje estou aqui graças ao PC de uma Lan House… Cheia de vontade de ler os seus posts, que tão carinhosamente estão sendo publicados, mas por hora impossibilitada… A presença do técnico está marcada para hoje às 16.00 h. Espero que tudo volte ao normal para que possa, além de me deliciar com as suas postagens, publicá-las no Interlúdio com Florbela, como uma pequena forma de agradecer pelo carinho de vocês… Conto com a compreensão de todos… Beijos!

    Flor ♥

    Curtir

  2. Fran disse:

    É uma merecida homenagem. Belas poesias.

    Curtir

  3. Rosa disse:

    Deixo um trecho que eu gosto muito.

    “…Quem nos deu asas para andar de rastos?
    Quem nos deu olhos para ver os astros
    Sem nos dar braços para os alcançar?!…”

    Bjs Florbela.

    Curtir

  4. Os meus lábios são brancos como lagos…
    Os meus braços são leves como afagos,
    Vestiu-os o luar de sedas puras…

    Como se expressava bem a calipolense… Mas Alentejano é mesmo assim.

    Obrigado pela visita aos canteiros do meu jardim… espero que volte… eu certamente voltarei por estas janelas.

    Abraços

    Curtir

  5. Du disse:

    “Florbela é a flor maior da poesia romântica,
    é o sofrimento em versos de um soneto
    é o amanhecer mais belo de um encanto
    é aquela que se perdeu pra se encontrar.”
    (Lustato)

    Beijos!

    Curtir

  6. Olá Marli

    Obrigado pela visita e comentário na Blogagem Coletiva, estou aqui para retribuir e deixar meus parabéns pelo belíssimo Blog.

    bjs

    Curtir

  7. Cris disse:

    Marli…

    Visitei os canteiros e semeei uma pequena semente da amizade.

    Beijo, querida e obrigada pela visita.

    Curtir

  8. Linda escolha para homenagear nossa Florbela!
    Beijos

    Curtir

  9. Retribuindo a visita Marli.
    A Florisbela escreveu muiitas coisas que nós
    pensamos e gostaríamos de escrever mas não
    precisamos porque ela já o fez.

    Beijo

    Curtir

  10. Alma Poeta disse:

    Acho que todos nós blogueiros saímos ganhando ontem com esta blogagem coletiva em homenagem à Florbela não é mesmo?
    Tudo ficou mais lindo e perfumado com o doce aroma dessa Flor…bela!
    Adorei também ter participado desta grande união.
    Um grande beijo e seu post ficou uma delícia de se ler, aliás como tudo aqui.
    Um grande beijo!

    Curtir

  11. Helô Spitali disse:

    *****

    Vim conhecer seu espaço e deixar um abraço! Gostei muito!
    Linda homenagem à amada poetisa!
    Também participei com meus blogs. Ontem devido congestionamento não consegui visitar os blogs participantes da Blogagem Coletiva, que foi um sucesso!
    Tenha uma ótima semana!

    Sintonias do Coração

    ETERNOS SONHARES

    Coisas da Helô ©

    *****

    Curtir

  12. Urbano disse:

    Boa tarde! Sigo visitando os blogs participantes da blogagem coletiva.

    Isto é o que eu chamo de uma corrente do bem! Como é que se poderia chamar uma iniciativa que enche de poesia a blogosfera? Aqui está uma excelente oportunidade para que todos conheçam um pouco mais sobre a genial Florbela Espanca.

    Eis um trecho de “Ser poeta”, de Florbela:

    “Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
    Do que os homens! Morder como quem beija!
    É ser mendigo e dar como quem seja
    Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!”

    Parabéns a todos que estão participando!

    Sensata Paranóia

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s