Mês de Aniversário do Palavras Rabiscadas, 03 anos

*** Mês de Aniversário do Palavras Rabiscadas, 03 anos ***

Obrigada a todos os leitores que acompanham o blogue, em especial ao  Tejo, sempre presente, e o leitor que fez destaque neste período, Rubem Dutra. Agradeço também àqueles que esporadicamente chegam até aqui por meio de pesquisa, como George Junior, que comentou, em Milho de Pipoca, palavras motivadoras que faço questão de transcrevê-las:

 “Encontrar este blog foi como encontrar um oásis num deserto. Eu tenho andado tão sedento de palavras boas e profundas que quase me afogo nas águas rasas deste mar de futilidade da mídia brasileira.
Obrigado por nos conceder este refúgio cultural.

O texto “Milho de pipoca” é maravilhoso!”

O oásis não é meu é nosso –  soma de várias fontes, diversos escritores… Eu também tenho sede, por isso aqui estou. É bom compartilhar. Sejam bem-vindos!!

Marli Savelli de Campos

POSTS E PÁGINAS mais visitados no período de 09/08/2010 a 09/08/2011

TERMOS mais pesquisados/buscados no período de 09/08/2010 a 09/08/2011

URL’s mais clicados no período de 09/08/2010 a 09/08/2011

Anúncios

6 respostas para Mês de Aniversário do Palavras Rabiscadas, 03 anos

  1. Velho Marujo disse:

    Marli,

    A muito não passo por aqui, na verdade, a muito não escrevo. Retomei meu blog após quase 1 ano disperso. Voltei a escrever!

    Nossa… Nunca pensei que sentiria alivio em dizer isso: Voltei a escrever.

    Parabéns pelos 3 anos. Sei bem que administrar um blog como este não é fácil.

    Fique com Deus!

    Velho Marujo

    Curtir

  2. É, meu amigo, você sabe, a vontade é muita, mas nem sempre conseguimos dar conta… a gente faz o que pode, da forma que dá!… Vamos levando, caminhando e cantando, seguindo a canção…

    Obrigada pela amizade e gentileza de sua visita e comentário. Abraços,

    Curtir

  3. Velho Marujo disse:

    Realmente não é fácil, mas é um vicio complicado este não? (risos).

    O pior ou melhor, é que gostamos e faz muito bem.
    Estive longe, mas sempre senti falta tanto que acumulei um turbilhão de idéias, e me auto-avaliando estou mais maduro, as circunstâncias da vida nos admoestam ao crescimento. Este tempo aproveitei para ler outros autores, principalmente poetas, e descobri que, por vezes, este tal excesso de informação atrapalha nossa imaginação, o que nos faz “comuns”, sendo preciso se afundar no baú das coisas antigas para trazer algo inovador para o presente, se não novo, pelo menos mais criativo. E não que seja por ser mais ou menos complexo percebi que o equilíbrio até mesmo na escrita é uma porta para aperfeiçoamento, nem lá nem cá, o meio termo é bom nesses casos…

    A melhor parte mesmo foram as vivências, afinal tem horas que mal temos o que falar… É preciso se ausentar um pouco para aguçar a percepção e assim, ter novamente um motivo para escrever, ou mais, ter simplesmente alguma coisa para dizer.
    Quanto a você. Parabéns! Li alguns de seus escritos e estão excelentes, muito bom mesmo, e com um sentimento a flor da pele, tua simplicidade é tão complexa. Admiro quando em alguns curtos textos consegue transmitir tamanha emoção.

    Por volta e outra estarei por aqui…

    Curtir

  4. TEJO disse:

    Obrigado, querida, pela referência, e parabéns pelo excelente trabalho no blog.

    Parece que foi ontem que aportei aqui, procurando, salvo engano, por um poema de Maiakovsky (“A Sergei Iesienin”), e acabei desembocando em Manuel Bandeira. E estou vendo aqui – https://mscamp.wordpress.com/paginas-escritas/os-cem-melhores-poemas-internacionais-do-seculo-xx/#comment-330 – que isso foi em agosto de 2009, 2 anos atrás. Como o tempo voa!

    Desde então, sou leitor assíduo dessas “Palavras Rabiscadas” que tanto nos encantam.

    Mais uma vez parabéns, e que venham muitos e muitos anos pela frente 🙂

    Em tempo: excelente notícia o retorno do Velho Marujo. É disso que precisamos, uma blogosfera inteligente e cada vez mais instigante.

    Curtir

  5. É verdade, Velho Marujo, é um vício que cansa, mas é bom!…

    Então, você voltando no blogue com tudo (eu percebi mesmo pela quantidade de postagens – fico feliz!), e eu tentando me ausentar um pouco, estou num período de pré-férias, me preparando, já que percebo que as coisas não andam fluindo como eu gostaria, em virtude do cansaço…

    Quanto as minhas escritas, obrigada por me motivar… No Aquário Literário acabo não conseguindo parar de vez, porque se a idéia vem, em algum momento, não tem como deixar de escrever, são pequenos e rápidos textos (ainda que nas férias minha mente, por vezes, se nega, pois como vc disse: “É preciso se ausentar um pouco para aguçar a percepção…”)

    Mas estamos aí, nos encontros e desencontros… É sempre um prazer!

    Pois é, Tejo, o tempo voa…
    Desde então, você tem sido o comentarista mais assíduo, e comentários alimentam blogues, e vc é um grande incentivador de blogosfera!!. Confesso que tenho certa dificuldade em retribuir todos os que têm me alegrado com os seus comentários, mas faço o possível, de tempo em tempo, de corresponder o carinho dos que assim fazem com o meu trabalho. Como diz Jorge Amado: “A lista de minhas incapacidades é enorme”

    Grande beijo a todos,

    Curtir

  6. Fernanda Definski disse:

    Boa noite.
    Hoje garimpando blos e imagens para realização de um curso, encontrei o Palavras Rabiscadas e logo me apaixonei. Estou inicindo hoje meu blog ” Suspiros do Saber” .
    Parabéns pelo blog!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s