Arquivo da tag: Bernardo de Bonaval

S – Biblioteca Domínio Público

Sabina -Artur Azevedo Sales -Machado de Assis Sancta Virgo Virginum: Prece -Auta de Souza Sancta Virgo Virginum: Prece -Auta de Souza Sangue de africano -Antônio Frederico de Castro Alves São Cristóvão -José Maria Eça de Queirós Sarças de Fogo -Olavo … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

Q – Biblioteca Domínio Público

  Qual dos dois -Machado de Assis Quand’eu ben meto femença -Dom Dinis Quando a erva crescer em cima da minha sepultura -Alberto Caeiro Quando está frio no tempo do frio -Alberto Caeiro Quando eu morrer -Auta de Souza Quando … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , | 1 Comentário

F – Biblioteca Domínio Publico

Fabulario -Coelho Netto Falando ao Coração -Auta de Souza Falaram-me os homens em humanidade -Alberto Caeiro Falas de civilização, e de não dever ser -Alberto Caeiro Falenas -Machado de Assis Falenas -Machado de Assis Falenas -Machado de Assis Falou-m’hoj’o meu … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

D – Biblioteca Domínio Publico

D. Benedita -Machado de Assis D. Jucunda -Machado de Assis D. Mônica -Machado de Assis D. Paula -Machado de Assis D. Paula -Machado de Assis D. Pedro -Alexandre Herculano Da Literatura fantástica (teorias e contos) -Marcio Cícero de Sá Da … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

A – Biblioteca Dominio Publico

A “Não-me-toques”! -Artur Azevedo A Abóboda -Alexandre Herculano A água chia no púcaro que elevo à boca -Alberto Caeiro A Alegria da Revolução -Ken Knab À Alma de Minha Mãe -Auta de Souza A Alma do Lázaro -José de Alencar … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário