Arquivo da tag: Clarice Lispector

Obras em Audio de Clarice Lispector

FONTE: http://notaterapia.com.br/

Avalie isto:

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

Livros Grátis para Down, Clarice Lispector

Livros para download Todos os contos – CLIQUE AQUI! Todas as Crônicas – CLIQUE AQUI Correspondência – CLIQUE AQUI! O tempo – CLIQUE AQUI! Outros escritos – CLIQUE AQUI! A legião estrangeira – CLIQUE AQUI! A maça no escuro – CLIQUE AQUI! Onde estivestes de noite … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

A Hora da Estrela

(…) Vejo agora que esqueci de dizer que por enquanto nada leio para não contaminar com luxos a simplicidade de minha linguagem. Pois como eu disse a palavra tem que se parecer com a palavra, instrumento meu. Ou não sou … Continuar lendo

Avalie isto:

| Marcado com , | Deixe um comentário

Clarice Lispector

Pois logo a mim, tão cheia de garras e sonhos, coubera arrancar de seu coração a flecha farpada. De chofre explicava-se para que eu nascera com mão dura, e para que eu nascera sem nojo da dor. Para que te … Continuar lendo

Avalie isto:

| Marcado com , | Deixe um comentário

Clarice Lispector

“Então escrever é o modo de quem tem a palavra como isca: a palavra pescando o que não é palavra. Quando essa não-palavra – a entrelinha – morde a isca, alguma coisa se escreveu. Uma vez que se pescou a … Continuar lendo

Avalie isto:

| Marcado com , | Deixe um comentário

Minidicionário Livre da Língua Portuguesa

Baixe o minidicionário da língua portuguesa, sem complicações, em PDF, neste endereço: http://hedraonline.posterous.com/minidicionario-livre-da-lingua-portuguesa O dicionário, coordenado pelo professor de filologia da USP, M.M. Santiago-Almeida, conta com mais de 35 mil verbetes e todos os seus vocábulos foram doados para o BrOffice.org … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , | Deixe um comentário

(…) Clarice Lispector

Ela uma vez vira uma amiga inteiramente de coração torcido e doído e doido de forte paixão. Então não quisera nunca a experimentar. Sempre tivera medo das coisas belas demais ou horríveis demais: e que não sabia em si como … Continuar lendo

Avalie isto:

| Marcado com , | Deixe um comentário