Arquivo da tag: Cruz e Souza

CRISTO – Cruz e Souza

Cristo morreu, ó tristes criaturas, Era matéria como vós, morreu; E quando a noite sepulcral desceu Gelou com Ele o oceano das ternuras. Nunca outro sol de irradiações mais puras Subiu tão alto e tanto resplendeu, Nunca ninguém tão firme … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Poemas e Poesias | Marcado com | Deixe um comentário

U – Biblioteca Domínio Público

U noutro día seve Don Foán -Dom Dinis Ubirajara -José de Alencar Ubirajara -José de Alencar Última estrela a desaparecer antes do dia -Alberto Caeiro Última folha -Casimiro de Abreu Última receita -Machado de Assis Últimas Rimas -Emílio de Menezes … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

P – Biblioteca Domínio Público

Paai Rengel e outros dous romeus -Afonso Eanes de Coton Paga ou Morre! -Artur Azevedo Página azul -Auta de Souza Página triste -Auta de Souza Páginas Críticas e Comemorativas -Machado de Assis Páginas Recolhidas -Machado de Assis Páginas Recolhidas -Machado … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

O – Biblioteca Domínio Público

O 15 e o 17 -Artur Azevedo O Abolicionismo -Joaquim Nabuco O adeus de Teresa -Antônio Frederico de Castro Alves O Alcaide de Santarém -Alexandre Herculano O Alforge da Boa Razão -Bruno Seabra O Alienista -Machado de Assis O Alienista … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

M – Biblioteca Domínio Público

Ma madre velida -Dom Dinis Macário -Alvarez Azevedo Macário -Manuel Antônio Álvares de Azevedo Macário -Manuel Antônio Álvares de Azevedo Macbeth -William Shakespeare Madalena. (Coleção literatura para todos; v.1) -Cristiane Dantas Madresilvas -Brasilio Machado Madrid -M. Pinheiro Chagas Mãe -José … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

F – Biblioteca Domínio Publico

Fabulario -Coelho Netto Falando ao Coração -Auta de Souza Falaram-me os homens em humanidade -Alberto Caeiro Falas de civilização, e de não dever ser -Alberto Caeiro Falenas -Machado de Assis Falenas -Machado de Assis Falenas -Machado de Assis Falou-m’hoj’o meu … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

B – Biblioteca Domínio Publico

Balas de Estalo -Machado de Assis Balas de Estalo -Machado de Assis Balladilhas -Coelho Netto Bálsamo -Casimiro de Abreu Banhos de Mar -Artur Azevedo Barca -Artur Azevedo Batata cozida, mingau de cará. (Coleção literatura para todos; v. 8) -Eloí Elisabete … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário

A – Biblioteca Dominio Publico

A “Não-me-toques”! -Artur Azevedo A Abóboda -Alexandre Herculano A água chia no púcaro que elevo à boca -Alberto Caeiro A Alegria da Revolução -Ken Knab À Alma de Minha Mãe -Auta de Souza A Alma do Lázaro -José de Alencar … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Biblioteca Virtual | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário