Arquivo da tag: Olavo Bilac

LÍNGUA PORTUGUESA – Olavo Bilac

Última flor do Lácio, inculta e bela, És, a um tempo, esplendor e sepultura: Ouro nativo, que na ganga impura A bruta mina entre os cascalhos vela… Amote assim, desconhecida e obscura, Tuba de alto clangor, lira singela, Que tens … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Poemas e Poesias | Marcado com | Deixe um comentário