ORAÇÃO NO IMAGINÁRIO INFANTIL

11 09 2012

Um jornal Italiano ” CORRIERE DELLA SERA” publicou em sua edição eletrônica uma enquete muito divertida. As crianças Italianas escreveram frases da qual o livro “Querido Jesus, a girafa você queria assim mesmo ou foi um acidente?” da editora Sonzogno, publicou em suas páginas, amostras do que elas costumam escrever em suas redações na escola, e com isso pediram então para seus leitores escolherem qual seria a sua frase preferida, confira:

– “Querido menino Jesus, todos os meus colegas da escola escrevem para o Papai Noel, mas eu não confio naquele lá, prefiro você” (Sara)

– “Querido menino Jesus, obrigado pelo irmãozinho, mas na verdade eu tinha rezado pra ganhar um cachorro” ( Gianluca)

– “Querido menino Jesus, você não está inventando nenhum animal novo nos últimos tempos! A gente vê sempre os mesmos.”( Laura)

– “Querido menino Jesus, por favor, ponha um pouco mais de férias entre o Natal e a Páscoa, no meio agora está sem nada” ( Marco)

– “Querido Jesus, o Padre Mário é seu amigo ou você conhece ele só do trabalho? ” ( Antônio)

– “Querido menino Jesus, por gentileza mande-me um cachorrinho, eu nunca pedi nada antes, pode conferir” ( Bruno)

– “Querido Jesus, talvez Caim e Abel não se matassem se tivessem um quarto para cada um, com meu irmão funciona” ( Lorenzo)

– “Querido Jesus, eu gosto muito do Padre- Nosso.Você escreveu tudo de uma só vez, ou teve que ficar apagando? Qualquer coisa que eu escrevo eu tenho que refazer um monte de vezes” ( Franco)

– “Querido Jesus, nós estudamos na escola que Thomas Edson inventou a Luz. Mas no catecismo dizem que foi você! Pra mim ele roubou a sua ideia” (Daria)

– “Querido Jesus, em vez de você fazer as pessoas morrerem e ai criar novas pessoas, porque você não fica com as que já tem” ( Marcello)

– “Querido Jesus, você é invisivel mesmo ou é só um truque?” (Giovanni)





Astronauta de Deus

1 04 2010

ASTRONAUTA DE DEUS

A bordo, Senhor,
de encontro
aos que tramam contra mim,
que perseguem os meus voos,
e buscam tirar o meu céu.
Dissipa-os
como fumaça no tempo sideral.
Sou como um grão de areia na praia,  
uma gota no oceano,
mais uma entre as estrelas.
Tão pequenina neste universo!…
Mas a nave da fé me protege dos
ataques inimigos.
Neste momento, no terremoto
do meu bombardeado interior
 hospedo a paz de um deserto silêncio,
me levanto apoiada em tuas mãos,
abano a poeira,
e com as forças vindas de Ti,
prossigo a viagem para o espaço,
seguindo os teus rastros de Luz,
desvendando mistérios,
colhendo estrelas, descobrindo planetas.
Tu és a Bússola
que me direciona no infinito.

Marli Savelli





Corça

7 02 2010

CORÇA

O deserto é nuvem sem água!
– Ausência de tudo –
Voz da alma no silêncio
que nos aproxima de Deus…
Corça sedenta a farejar na areia
a fonte de vida:
“Minh’alma tem sede de Ti…”

((( Jorra do teu
                                 r
                                      i
                                         o 
                                                no meu ser )))

Marli Savelli