Arquivo da tag: Poema; Poesia

Aviso

AVISO  Se me quiseres amar, terá de ser agora: depois estarei cansada. Minha vida foi feita de parceria com a morte: pertenço um pouco a cada uma, pra mim sobrou quase nada. Ponho a máscara do dia, um rosto cômodo … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Poemas e Poesias | Marcado com , , | Deixe um comentário

Vintage

  VINTAGE Ideal de beleza Na revista, tendência da moda Desfile de poemas fashions Anorexia, Bulimia, Tudo diet, light Glamour!… Alma de tecido Linha tecendo versos em fios Cortes profundos no ser. Na passarela, Tropeça na autenticidade Logotipos, Pseudônimos, anônimos … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | Deixe um comentário

Pássaro na Selva

PÁSSARO NA SELVA Mata densa limita a visão. Voa perdida. Asas afiadas, foice no dedo. Cólera reprimida. Olha para os céus, grita por Águia! Segue indefinida. Arma-se,  atira, explode. Chora escondida. Morde o veneno do escorpião. Vale a ferida. No matagal risca … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário

Eu, 34 Anos

EU, 34 ANOS Minha vida (tum, tum, tum) O relógio (tic-tac , tic-tac) As batidas do meu coração aos passos do tempo. Ele caminha mais rápido que eu. Não o decifro, aos poucos, me devora. Tic Tac… Tum Tum Tic Tac Tic …Tum … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 4 Comentários

Echarpe Vermelha

ECHARPE VERMELHA Ela passeia por ruas escuras.   Vermelha echarpe na cabeça reluz.  Nos lábios, batom carmim.   Nas unhas, um dos sete   vermelhos capitais.  Anda com pensamento distante,   destino afora.   À espreita, um lobo, olhar em brasa,   penetra no … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário

Caça ao Tesouro

CAÇA AO TESOURO A vida se dilui na efemeridade. Todos nós, um “Zé Ninguém”. Seja mendigo, príncipe, ou sei lá quem. O mapa dourado segue… Em busca, no labirinto, persegue, dobra as esquinas, os muros. Às pressas… o futuro. Voam … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 4 Comentários

Sol Brasileiro

  SOL BRASILEIRO  Caminhando ao sol, um fogo escaldante. Ferve o chão de brasa coberto. Árvore ou abrigo – nada – fulminante. Nem sequer uma sombra… deserto.  Estou cansada, a terra esbofeteia. Tenho sede… só faz poeira. À frente um … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário