Arquivo da tag: Poemeto

Amar

AMAR Amar, amar, amar, amar, amar, amar e amar, é a única coisa que vocês precisam fazer: amar, amar, amar, amar, amar, amar, amar, amar, amar, amar, amar, amar, amar e amar… [disse, Deus] Marli Savelli Anúncios

Avalie isto:

Publicado em Uncategorized | Marcado com | Deixe um comentário

Amor, A Maior Graça

AMOR, A MAIOR GRAÇA Meu maior amor para o meu pequeno Que mesmo separados nossos pés junta Marli Savelli

Avalie isto:

Publicado em Poemeto | Marcado com | Deixe um comentário

Calejados

CALEJADOS Pés, Mãos e Coração calejados De tanto caminhar e lutar De muitos apertos e consertos (…) Marli Savelli

Avalie isto:

Publicado em Poemeto | Marcado com | Deixe um comentário

Convite à Preguiça

  CONVITE À PREGUIÇA Olho para o calendário   -feriado-   A data se solta da folhinha numa folia e salta em  festejo com o -facultativo-      A preguiça enfeitiça!     Nada de despertar  ouvindo o celular:  “acorda preguicinha… acorda!” Marli Savelli

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário

Uma Xícara de Cappuccino

 UMA XÍCARA DE CAPPUCCINO    Palavras trituradas, condensadas no cérebro. Mistura os pensamentos, letras e vocábulos. Forma uma massa homogênea. A cabeça aquece: os biscoitos ficam prontos. É preciso tirar ainda quente – do forno para a mesa –                … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário

Flor da Solidão

FLOR DA SOLIDÃO A cor branca simboliza a paz. O preto,  as trevas. Por que no escuro, calmaria; no claro, gritaria? Marli Savelli   *** Paradoxos da Existência ***

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário

Começos

  COMEÇOS Hoje é Segunda! A oportunidade no início. Segunda vez, amanhã. O início da oportunidade.  Marli Savelli      “A vida é uma dádiva de Deus, a cada dia nos proporcionando novas chances.   A oportunidade se faz daquilo que desejamos” … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário

Teatro

TEATRO Farsa ou drama,   qual a trama? A cortina fariséia  esconde da platéia.   Marli Savelli

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário

Meus Versos

MEUS VERSOS  Sei lá. Meus versos. Não ouço os gemidos. -Calados- Vamos, Palavras: Chorem minha tristeza; Sorriem  minha alegria! -Ensurdecedor- O grito que não sai. Meus versos. Sei lá. Marli Savelli 

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 1 Comentário

Coração Pirata

CORAÇÃO PIRATA Comprei no camelô um coração  O ambulante logo alertou: __ Desejo-te sorte,   não aceitamos devolução! Cansada, mas sem desilusão:  __ O que há de errado? O coração está parado!…  Ah! O amor é mesmo complicado. Marli Savelli

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 1 Comentário

Desnudez

DESNUDEZ  No silenciar das horas nuas, envolto ao desejo que inflama, à decepção que fere, crua. Ao amor que inspira, à saudade que moldura. Submersa na aflição, no regozijo, na ternura Despida de mim, acaricio minha alma, faço pintura do restou de … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 3 Comentários

O Segredo

O SEGREDO Altas horas, o sono não vem. Meu pensamento a vagar pelo paraíso secreto do imaginário como um fantasma solitário. Encontro um mascarado que seduz minha razão, tira-me da solidão, faz bater forte o coração. Arranco sua  m   á  s  … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 1 Comentário

Gracejo

GRACEJO Fecho os olhos, assim te vejo. Admiro os céus, ali o seu lampejo. Em sonhos, suspirar sem pejo. Ouvir no coração, as batidas em festejo. Cantar meu afeto, nas notas de solfejo. Embalar versos, ao som do arpejo. Esta … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 1 Comentário

Dormindo com a Solidão

DORMINDO COM A SOLIDÃO Abraço a solidão enquanto a chuva cai sobre a terra sedenta. É bom ouvir o seu gotejar. Todos se retiram, se escondem. Até mesmo a lua e as estrelas foram dormir ao som de cada pingo … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 1 Comentário

Cardápio Intelectual

CARDÁPIO INTELECTUAL Uma seara, a cultura. O alimento do conhecimento, sustento para o crescimento. O pão que nutre a mente, sacia a fome, prazerosamente. Fast-food virtual, tão acessível literatura digital. Evite os indigestos, esvaecem os nobres gestos. Idéia que não … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 1 Comentário

Você

  VOCÊ  Em todos os lugares vejo você. Aqui, ali, lá, acolá. No rosto de João, nas palavras de Maria. Na Maria João, e nas formas de João Maria. Não sei como e quando, em toda a parte… [dentro de … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 1 Comentário

Um Dia Depois Do Outro

UM DIA DEPOIS DO OUTRO Ontem, eu fui para a direita,  você para a esquerda. Hoje, a possibilidade de atarmos  as mãos é nula. Amanhã? Se a estrada for circular… quem há de saber?  Marli Savelli

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 2 Comentários

Carícias do Mar

CARÍCIAS DO MAR  Beijo o mar Enquanto o vai e vem das ondas Envolve o meu corpo E me deixa molhada. Sinto sabor de água fresca A deslizar nos meus lábios E gotas salpicadas de desejos A rolar na minha … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 1 Comentário

Mistério

MISTÉRIO Céu cinzento a luz do entardecer. Li em teu olhar a melancolia de uma vida sem cor. Sorri com os lábios, mas o coração é triste. Cicatrizes, dor, medo? Vi  algo a ser desvendado em você. Teu segredo, qual … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 1 Comentário

Sorriso da Manhã

SORRISO DA MANHÃ Hoje a alegria bateu na minha janela. A manhã sorria à minha espera. Retribuí exuberante, como a vida é bela! Prendi-a nos braços, nada de tristeza. Ah… o dia! Um requinte de beleza. Mandei um beijo para … Continuar lendo

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 3 Comentários

Um Sopro

  UM SOPRO Existência humana, efêmero presente. Nada é constante, tudo se vai apressado, abreviado. Voa! Move-se continuamente, gradualmente. Infancia, Juventude, Meia Idade, Velhice. Um sopro. Marli Savelli (De’Lírios)

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com , | 4 Comentários

Nas Mãos de Deus

NAS MÃOS DE DEUS  Ah… o Destino! Ele me pega pelo braço,    me arrasta, me leva  para aonde bem quer   e ainda diz:    é aqui que você    vai ficar. Marli Savelli

Avalie isto:

Publicado em Meus Rabiscos | Marcado com | 3 Comentários